Interação universidade-empresa em pauta

Por 25 de novembro de 2019 Sem categoria Sem Comentários

Evento da Rede Mineira de Inovação (RMI) dedicou um debate sobre esse tema entre especialistas com diversos olhares

 

A interação universidade-empresa foi um dos temas do XXI Encontro da Rede Mineira de Propriedade Intelectual (RMI) nessa sexta-feira (22/11) que contou com a participação do CEO do BH-TEC, Marco Crocco. Ele contextualizou os Parques Tecnológicos como área de inovação. A International Association of Science Parks and Areas of Innovation (IASP) define que são “locais projetados e administrados para atrair pessoas de espírito empreendedor, talento qualificado, negócios e investimentos intensivos em conhecimento, desenvolvendo e combinando um conjunto de ativos de infraestrutura, institucionais, científicos, tecnológicos, educacionais e sociais, em conjunto com serviços de valor agregado, aprimorando assim o desenvolvimento econômico sustentável e a prosperidade para a comunidade”.

Baseado nesta definição, os Parques englobam não apenas as necessidades de empresas e universidades de colaborar entre si, mas também de cidades, a sociedade civil – o quarto elemento da quádrupla hélice.

“Esse cenário incentiva a ampliação e o aprimoramento do escopo de atuação do BH-TEC, incorporando novos objetivos e um novo posicionamento no ecossistema de ciência, tecnologia e inovação de Minas Gerais. É preciso integrar instituições científico-tecnológicas e setor empresarial por meio de estratégias e mecanismos inovadores e oferecer ambientes dinâmicos para a prestação de serviços em gestão, networking, acesso a financiamento, suporte legal, propriedade intelectual etc.”, destaca Crocco.

O professor titular do Departamento de Parasitologia (ICB/UFMG), Alvaro Eiras, apresentou o case de tecnologias inovadoras de monitoramento e controle Aedes aegypti. Ele é fundador da empresa de biotecnologia Ecovec Ltda., lotada no BH-TEC.

Também participaram do painel o presidente da Fundep, professor Alfredo Gontijo, que falou sobre o Outlab, e o diretor para Desenvolvimento de Negócios da Clarke, Modet & Co, Louis Lozouet, apresentou pílulas do Guia de Boas Práticas ICT-Empresa da CCI Brasil.

Imersão

Com o tema “Novos arranjos para inovação”, o evento trouxe nos dias 21 e 22 debates e painéis de discussões sobre o ecossistema mineiro de inovação, instrumentos jurídicos do Marco Legal de CT&I e encomenda tecnológica.

Entre as autoridades presentes: Prof. Alessandro Moreira (Vice-Reitor UFMG); @Juliano Alves (Subsecretario de Estado e de Promoção de Investimento e Cadeiras Produtivas); Prof. Evaldo Vilela (Presidente Fapemig Oficial); Prof. Rodrigo Gava (UFV); Marcos Antonio Mandacaru (Assessor Especial do Vice-Governador de Minas Gerais); Prof. Ado Jorio (UFMG); Juliana Crepalde e gilberto medeiros ribeiro (CTIT UFMG).

Deixe uma Resposta

BH-TEC - Parque Tecnológico de Belo Horizonte